News 08/31/2022

A STEINERT é referência de qualidade na classificação de ligas de alumínio e apresentará as suas soluções na feira "Aluminium" em Düsseldorf, Alemanha.

Quando se trata do processamento de matérias-primas secundárias, a meta principal ainda é a pureza. As exportações de qualidades inferiores são coisas do passado e a criação da mais alta pureza é um requisito básico atualmente. A STEINERT estabelece outros marcos na classificação de escória de alumínio: com os primeiros sistemas de classificação LIBS na Europa, a STEINERT fecha lacunas cruciais para seus clientes, a fim de devolver ainda mais escória secundária aos ciclos dos recursos.

A transmissão de raios X ou XRT separa metais pesados de leves

Para que o alumínio possa ser reconduzido aos circuitos de reciclagem, são necessárias frações puras, que só podem ser produzidas passo a passo pelos processadores. No processo de reciclagem, inicialmente é feita a separação de metais ferrosos e não ferrosos - realizada de forma efetiva com a técnica de separação magnética STEINERT.

 

No próximo passo é empregada a tecnologia chave: A transmissão de raios X separa metais leves de metais pesados. Ela produz frações de alumínio definidas e limpas. A STEINERT XSS T EVO 5.0 é um destaque em tecnologia e técnica em todo o mundo. A especialista italiana em reciclagem de alumínio Stemin S.p.A. há anos confia nos sistemas de classificação da STEINERT: “Escolhemos a STEINERT devido à sua continuidade de pesquisa e desenvolvimento na área da reciclagem de metais, com foco no aumento da qualidade da classificação e porque os sistemas de classificação mais eficientes nos ajudam a produzir na qualidade necessária. Até hoje, essa decisão mostrou ser a certa", diz Olivo Foglieni, membro da diretoria da holding FECS, à qual pertence a Stemin.

 

STEINERT LSS | LIBS separa o alumínio por liga

O sistema de classificação para recicladores de alumínio, que separa escória de alumínio pré-classificada de acordo com as suas ligas, está em operação na AMAG Austria Metall AG desde 2018, por exemplo, e está sendo implementado em outros processadores em 2022.

Com o sistema de classificação em linha STEINERT LSS é possível separar várias ligas com apenas uma detecção pelo sensor de LIBS. LIBS – abreviatura de Laser-Induced Breakdown Spectroscopy (espectroscopia de degradação induzida por laser) – é uma tecnologia destinada à análise de elementos. Por padrão, os métodos de calibração armazenados no instrumento de medição analisam a concentração dos elementos de ligas Cu, Fe, Mg, Mn, Si, Zn e Cr. No caso das ligas, a triagem consiste em, primeiramente, separar a mistura de materiais triturados para passar o material pelo laser sempre de tal forma que os pulsos de laser incidam sobre a superfície do material. Com isso, pequenas partículas de material evaporam. O espectro de energia emitido é simultaneamente captado e analisado, para que tanto as ligas como os componentes individuais de ligas de cada objeto sejam reconhecidos. Até sete tipos distintos de materiais são

detectados na primeira parte da máquina e então, na segunda parte da máquina, arremessados por válvulas de ar comprimido em diferentes pilhas de acordo com a composição de elementos.

 

Para mais informações sobre o tema, visite-nos na feira Aluminium 2022: em Düsseldorf entre os dias 27 e 29 de setembro de 2022, salão 6, estande 6F01. E se você gosta de planejar com antecedência, por que não marcar sua consulta com seu contato STEINERT? Esperamos encontrá-lo pessoalmente novamente em breve.