Tecnologia de separação para as mais altas demandas

Ímãs de alto gradiente e tecnologia de classificação por sensores para produtos absolutamente puros

Nossa máquina de classificação visual de 3 metros de largura, STEINERT KSS, pode processar 600 t/h ou mais. Para isso, calcários de até 200 mm são analisados e classificados com base no nível de branco. Somente material puramente branco pode passar pela barra de válvulas sem ser interrompido. Peças com os menores desvios em relação ao valor nominal são expelidas por válvulas de ar comprimido controladas com precisão. O que resta é um produto de alta qualidade com baixo teor de SiO2 e níveis perfeitos de branco, que pode ser vendido como um produto de enchimento de alta qualidade.

Quando se trata da pureza de minerais industriais, nós temos a solução certa. Nossos separadores ópticos são equipados com câmeras de cor e laser ou infravermelho (NIR) com imagem hiperespectral (HSI) para identificar as superfícies com precisão. O laser ajuda a detectar a estrutura da superfície. Dessa forma, pedras cristalinas como o quartzo ou a fluorita podem ser eficientemente separadas de calcário, talco ou outros minerais, mesmo que tenham a mesma cor. O sistema de câmeras de HSI oferece resoluções espectrais e locais mais altas do que os sistemas usados anteriormente, tornando os minerais mais visíveis. Com ele, é possível produzir materiais como fluorita, feldspato, calcário, fosfato e quartzo com a mais alta qualidade.

A mesma técnica pode ser usada para prolongar a vida útil de uma mina. Em depósitos com altas proporções de ganga, normalmente a extração ocorre de modo seletivo. Dessa forma, grandes quantidades de mineral valioso são perdidas para evitar que a ganga se misture ao produto. Em vez disso, todo o material pode ser processado por meio da tecnologia de classificação, resultando numa proporção maior de mineral valioso, que de outra forma seria perdido. O tempo de vida útil de um depósito pode então ser prolongado.

Para alcançar purezas ainda maiores para suas demandas, usamos nosso separador de alto gradiente (STEINERT HGS) com até 20.000 Gauss. O separador magnético com tambor duplo de polo magnético usa uma correia extremamente fina para obter a maior densidade possível de fluxo magnético no material. Através desse campo magnético extremamente forte, os minerais industriais, como o calcário ou o caulim, podem continuar no processo de refinamento. Em caso de granulometrias mais baixas de até 5 mm, o maior grau de desintegração resulta em qualidades superiores. Até mesmo sais podem ser refinados ou purificados dessa maneira, pela separação de impurezas que contenham argila.

  • Rendimento extremamente alto (600 t/h)
  • Aumentar a qualidade do produto
  • Otimizar o nível de branco
  • Prolongar a vida útil da mina
  • Ímãs de alto gradiente para tratamento a seco

CONTATO



SERVIÇOS

DOWNLOADS

Áreas de aplicação

Fluorita
Caulim

A solução perfeita para sua demanda

STEINERT XSS® T

Para classificação por classes de densidade

Ir para o produto

STEINERT KSS FL

Detectar diferenças de cor com alta precisão

Ir para o produto

STEINERT NIS

Para classificação via a tecnologia de NIR - detecção da composição química em ambientes adversos

Ir para o produto

STEINERT WDS

Para recuperação de magnetita ou ferrossilício a partir de soluções pesadas ou minério de ferro com granulometrias entre 1 µm e 3 mm

Ir para o produto

STEINERT HGS

Para tratamento a seco de matérias-primas minerais (areia, minério, carvão, sal, terras raras, matérias-primas cerâmicas)

Ir para o produto

Case