News 03/30/2022

Três sistemas de classificação STEINERT KSS estendem o funcionamento da mina (ROM) no México

Em 2018, uma mina de minerais industriais no centro do México instalou seu primeiro ore sorter STEINERT para melhorar o teor do ROM, que vinha diminuindo gradualmente com o passar do tempo. Esta primeira instalação bem-sucedida foi seguida pela aquisição de mais dois equipamentos multissensores STEINERT que agora processam a maior parte do ROM de médio a baixo teor, gerando um produto de alta qualidade, que pode ser vendido diretamente para o mercado. Com isso, esta planta de classificação de minério permitiu que a mina ampliasse os seus recursos incluindo áreas de baixo teor que anteriormente estavam abaixo do teor de corte. Ainda estão outras expansões da planta de classificação de minério.

A STEINERT desenvolveu um conceito único, chamado de "classificação por multissensores". O sistema de sensores STEINERT KSS aplica esse conceito permitindo a combinação de um dos três sensores principais (transmissão de raio X, fluorescência de raio X e NIR) com todos os três sensores adicionais (indução, laser 3D e cor).

A combinação principal para mineração é o sensor de transmissão de raio X adicionado por um sensor de cor, um laser 3D e um sensor de indução. Combinação que dá aos clientes uma enorme flexibilidade para tratar minerais complexos como fluorita, minério de ferro, minérios polimetálicos, ouro e outros. Os sensores são programados para detectar diferentes propriedades físicas, tais como densidade, tamanho, volume, brilho, cor, indutividade e condutividade.

Neste caso, as principais propriedades de triagem são densidade, formato e cor.

 

Uma máquina, diversas soluções

No cenário de separação e pré-concentração mineral, a tecnologia SBS (Sensor Based Sorting) está ganhando cada vez mais espaço e visibilidade em todo o mundo. Esta tecnologia de beneficiamento também pode ser aplicada para a pré-concentração do ROM, para gerar uma alimentação de moinho com teor mais alto e consistente, e na recuperação de minerais valiosos de pilhas de baixo teor, tais como a classificação de pré-cominuição.  Muitas instalações processam materiais de baixo teor para a recuperação de minerais valiosos. A tecnologia apresenta grandes vantagens, como a redução dos custos de transporte, a redução do custo de moagem, a redução do descarte de finos/escórias e a economia no consumo de água.

Neste projeto, o cliente está enfrentando uma diluição de teor devido à junção de tipos de rochas com teores diferentes.  A utilização dos sensores permite ao cliente ajustar sua produção de acordo com a demanda do mercado, focando na reutilização e maximização dos recursos naturais. Uma vantagem adicional, que garante maior flexibilidade, é que a tecnologia possibilita a geração de produtos com teores variáveis, o que torna possível acompanhar as variações do mercado.

 

Classificação por sensor contribui para uma mineração responsável

Atualmente há uma ênfase crescente na mineração responsável relacionada à sustentabilidade, preservação e reabilitação do meio ambiente, bem como a prioridade de uma divisão justa dos benefícios econômicos e financeiros entre todas as partes interessadas. Grandes grupos mineradores estão repensando seus modelos tradicionais de mineração, aplicando tecnologias inovadoras para tratar questões de mineração responsável e também para melhorar a competitividade.

A tecnologia SBS (sistema de classificação por sensores) pode desempenhar um papel importante neste processo de inovação. O uso da tecnologia SBS permite um melhor aproveitamento das reservas exploradas, prolongando a vida útil da mina. Ao eliminar os resíduos de rocha dos processos a jusante, promove redução do consumo de energia, de água e de reagentes químicos. Isso também tem um impacto direto na geração de resíduos, uma vez que a ganga é eliminada em frações de tamanhos mais grosseiros. Todos esses benefícios estão contribuindo para as atuais demandas sociais e de sustentabilidade da indústria de mineração.

Para a transformação do setor mineral, a inovação deve ser a base fundamental para a tão esperada mudança. A revolução digital já é uma realidade, o conceito de Indústria 4.0 é cada vez mais utilizado no setor de mineração, e novas tecnologias para o tratamento de minérios estão sendo cada vez mais aceitas, especialmente técnicas de processamento a seco, como o SBS.

 

Muitas competências, uma equipe

A implementação do projeto começou com testes realizados no Centro de Testes e Desenvolvimento da STEINERT na Alemanha. Logo após os testes, o Chefe de Suporte ao Cliente da STEINERT na América Latina, Edwardes Dias, comissionou o primeiro sensor sorting em 2018. O fato de o cliente operar hoje com três equipamentos prova a rentabilidade da operação, com processo de expansão já previsto.

A divisão de mineração da STEINERT nas Américas do Norte e do Sul coopera em benefício do cliente, diz Vinícius Souto, Head of Mining Americas. "Reunimos especialistas em tratamento de minerais, consultores de soluções, técnicos de serviço e pós-venda – tudo ao alcance do cliente."

Os requisitos para aplicações de classificação de minério estão aumentando, exigindo soluções completas e flexíveis. Diante destas exigências, a STEINERT fornece soluções de suporte remoto que simplificam o comissionamento, monitoramento e controle das instalações do cliente. Além de soluções de serviço remoto, mantemos um estoque de peças de reposição para garantir o menor tempo de resposta possível para o suporte ao cliente.

 

Assista ao vídeo deste projeto e diga-nos o que podemos fazer por você.

Youtube-video

 

Quer saber mais sobre as tecnologias e falar com a equipe? Entre em contato conosco:
STEINERT Latin America
sales(at)steinert.com.br
+55 313372-7560
https://www.linkedin.com/company/steinertlatinoamericana
https://steinertglobal.com/mining/