Classificar metais não ferrosos e criação de qualidades superiores - até granulometrias de 5 mm

O novo sistema de classificação de rampa STEINERT CHUTEC complementa o portfólio de sistemas de classificação por sensores de metais não ferrosos e oferece uma possibilidade de classificação de metais pesados até 5 mm. Isso torna a  STEINERT o único fornecedor a oferecer aos seus clientes separadores de metais não ferrosos e classificadores por raios-X de alta resolução para a mais alta recuperação e limpeza possível a partir de uma única fonte.

Recuperar metais não ferrosos finos
A recuperação de metais não ferrosos através de STEINERT EddyC e a classificação de metais leves e pesados através de STEINERT XSS-T em pequenas granulometrias não é novidade. Mas agora é possível usar a fluorescência de raios X para classificar economicamente produtos extremamente puros até um tamanho de grão fino de 5 mm e recuperar o zinco, latão e cobre ultra-puros nessa granulometria. Após a separação, as qualidades são tão puras que podem ser derretidas diretamente. 

Desenvolvido para empresas processadoras de resíduos de shredder e instalações de resíduos de cinzas de incineração 
Ideal para empresas processadoras de metais não ferrosos pesados (ZEBRA) a partir de cinzas de incineração de resíduos ou resíduos de shredder (ASR). A meta de classificação é a mesma, ou seja, a separação e a valorização de metais pesados não ferrosos em tipos de metais como alumínio, cobre, zinco, latão ou aço inoxidável. Mas agora a fração de grão fino também pode ser processada.

Pureza mediante fluorescência de raios X 
Na análise de metais, a análise por fluorescência de raios X (RFA) é um método padrão para determinar a composição elementar. Com a STEINERT CHUTEC, a fluorescência de raios X (XRF) também é usada como tecnologia em seu desenvolvimento na classificação de metais. O sistema de classificação de rampa combina os sinais da XRF com informações 3D, para classificar e separar de forma precisa. 

Para materiais maiores e heterogêneos, há a opção, também já comprovada na prática, de uma classificação através do STEINERT KSS | XF. 
Por meio dessa classificação, podem ser gerados concentrados de diferentes tipos de metais que são adequados qualitativamente para uso direto em instalações de reprocessamento de fundi;cão. A etapa de refinamento representa, portanto, uma importante contribuição para o retorno dos metais ao ciclo de matérias-primas.

Com a STEINERT, os clientes adquirem soluções de classificação a partir de uma única fonte, incluindo separador de metais não ferrosos e classificação por raios X. Os empresários apreciam um esforço de coordenação reduzido, para terem mais tempo para o desenvolvimento de ideias de reciclagem de metais. "Meu pessoal de produção confia plenamente na STEINERT. Os sistemas são fáceis de operar e todos os componentes técnicos são fáceis de entender e simples de usar", afirma um líder de opinião no setor de reciclagem.